top of page
Buscar
  • Foto do escritorCasa De Pedra Garopaba

Tudo não Terás!

TEXTO publicado no JORNAL CORREIO DA PRAIA - Ano 4 - Nº 80 - Página 9.

QUINTA-FEIRA, 28 DE ABRIL DE 2022


TUDO NÃO TERÁS!

Dia desses uma paciente me falou essa frase: “TUDO NÃO TERÁS!” dizendo que aplicava para a sua família... Fiquei curiosa e interessada, motivo pelo qual escrevo um pouco sobre...

Essa frase, apesar de parecer um provérbio bíblico, foi proferida por Al Pacino (o Diabo) para Keanu Reeves (o Advogado) no filme “O Advogado do Diabo”, um Thriller de 1997. Aliás, quem não assistiu? Vale a pena. Mas a frase pode se tratar de ESCOLHAS... De LIVRE ARBÍTRIO! Também é sobre LIMITES, é sobre COMPARTILHAR.

As escolhas na vida sempre foram motivo de noites sem dormir, de arrependimentos, de dúvidas. Saber escolher entre algumas opções na vida, entre qual caminho seguir, pode ser motivo de angústia, mas também pode ser uma enorme alegria quando nos permitimos decidir pelas nossas próprias emoções e sentimentos.

Escolher significa renunciar o que não se escolheu, escolher significa não se arrepender, não olhar para trás... Ah, e como é bom poder escolher! Essa expressão de livre-arbítrio de que tantos filósofos e pensadores já consideraram emblemática.

Já dizia Jean-Paul Sartre: “Estamos condenados a ser livres...”

Mas quem defende o livre-arbítrio carrega consigo a responsabilidade única e exclusiva de seus atos e ações. De suas escolhas e decisões. Nossas mentes são capazes de se mover por decisões e mover uns aos outros por palavras e ações.

Essa é nossa responsabilidade moral e também nossa liberdade. Sem culpa e sem culpados, apenas esse agradável sabor de liberdade.

Tudo não terás também pode ser sobre limites. Sim, essa linha tênue e imaginária que separa os espaços uns dos outros. De pequeno é que aprendemos sobre limites. E talvez seja uma das lições mais importantes que deveríamos carregar para a nossa vida. O respeito com o próximo, com os de outra espécie, com a natureza, com o planeta. E como tem faltado limites atualmente. De guerras por territórios alheios a discussão por uma vaga no estacionamento do supermercado. Da troca de brinquedos no recreio da pré-escola ao espaço do guarda-sol na praia.

Se não temos limites, acreditamos que tudo podemos. Se não temos limites

acreditamos que as coisas dos outros também são nossas. Se queremos tudo,

passaremos a nossa vida insatisfeitos pelo que ainda não temos. Esquecendo de

compartilhar o que mais temos com os que menos tem.

Enfim, “Tudo não terás!” pode ser uma excelente reflexão para a vida.


Dra Ana Beatrís Ramos

Medicina de Família e Tradicional Chinesa

Garopaba/SC

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page